Cruzeiro no MSC Fantasia: Dicas e Avaliação

Mais uma publicação Dicas e Avaliação do RG Cruzeiros! Hoje o assunto é o mini cruzeiro que fiz no MSC Fantasia nos dias 09/02 a 12/02/20. Na verdade ele nem foi um cruzeiro completo, fiz apenas o primeiro trecho de uma viagem de 6 noites com embarque e desembarque no Rio. Mas em vez de retornar eu só passei por Búzios, um dia de navegação e desembarquei em Salvador. Felizmente a sensação é de que foi muito pouco tempo!


Quer viajar no MSC Fantasia também? Me manda uma mensagem no WhatsApp da agência e vamos reservar a sua próxima viagem!


NO TERMINAL


Vamos começar passando algumas dicas e horários para quem também vai embarcar no Rio, considerando que no meu cruzeiro o horário de partida do navio estava marcado para as 17h e o início do check-in (como mostrado no E-ticket) para as 12h.

Dessa vez eu cheguei pelo Aeroporto do Galeão e peguei um Uber até o Museu do Amanhã, o que me custou 30 reais. De lá fui andando até o terminal 5, onde cheguei às 08h e já tinha uma fila do lado de fora aguardando para despachar as malas. Às 09h30, funcionários da MSC começaram a colar os adesivos nos E-tickets com o número e cor para a chamada no terminal de embarque. Os hóspedes do Yacht Club são levados para uma área exclusiva.

Como eu só estava com uma bagagem de mão e um item pessoal, optei por não despachar a mala e seguir direto para a área de check-in, no armazém 4, onde você só consegue entrar se já estiver com o adesivo colado no e-ticket. Peguei a senha 1 Azul e entrei no terminal, onde as bagagens passaram pelo raio-x.

A vantagem de seguir direto com a bagagem de mão é que não precisa aguardar mais na fila para despachar e depois seguir para o terminal, já pode esperar sentado. O lado ruim é que precisa ficar com as bagagens no navio até as cabines serem liberadas, quando fazem um anúncio. Para evitar isso deixei a mala na porta da minha cabine quando embarquei, ficando apenas com uma mochila.

Pouco antes das 10h30 os passageiros com embarque prioritário (experiência Aurea e membros do Voyagers Club Black/Diamond) começaram a ser chamados para o check-in, em seguida chamando os primeiros números. Às 11h30 eu já estava a bordo e o anúncio de cabines liberadas foi às 14h30.


CORONAVIRUS


Diante do atual cenário de alerta com o Coronavírus, foram tomadas várias medidas extras para evitar casos a bordo. A primeira foi um questionário de saúde obrigatório, entregue ao chegar no terminal, no qual o passageiro precisa preencher com os seus dados e responder a algumas perguntas: se teve contato com alguém que esteve em determinados países nos últimos 30 dias; se esteve em contato com alguém com suspeita ou em tratamento contra o Coronavírus; e se teve febre e sintomas de doenças respiratórias. É preciso assinar o documento, como um termo de responsabilidade pelas respostas, e entregar no balcão. Todos os passageiros também passam por uma câmera térmica, para confirmar que não estão com febre.

Ao chegar no navio, na entrada dos restaurantes sempre tinha uma pessoa colocando álcool em gel nas mãos dos passageiros, não apenas as máquinas automáticas à disposição.

Se você está com um cruzeiro marcado, principalmente em uma área onde tem mais casos da doença, saiba que as armadoras estão constantemente acompanhando o cenário do Coronavírus junto às autoridades. Caso a viagem não seja segura, as empresas estão ou alterando os roteiros ou cancelando as viagens, neste caso reembolsando o valor pago. Questões de saúde a bordo são seríssimas. Além, é claro, do risco para os passageiros e tripulantes, ter casos como esse a bordo trazem várias consequências negativas para a empresa e à imagem do navio. Então pode ter certeza que os cruzeiros só serão mantidos se isso for seguro. Caso contrário elas cancelam, sim, não deixam de fazer isso para não precisar reembolsar os passageiros.

Qualquer alteração é passada em notas emitidas para os agentes de viagens e passageiros.


EMBARQUE


Ao embarcar no MSC Fantasia, assim como em quase todos os navios da MSC, somos todos surpreendidos pela exuberância e grandiosidade. As escadas de cristais Swarovski e os elevadores panorâmicos que percorrem os 5 decks do atrium e continuam até a boate Liquid Disco, no deck 16, são um espetáculo.


Ao chegar no navio, como disse lá em cima, a primeira coisa que fiz foi deixar a mala de mão na porta da minha cabine e depois segui para o restaurante Buffet, no deck 14, para um almoço. As refeições estavam boas, bem equivalente ao MSC Seaview e o MSC Meraviglia, na Europa. As alimentações estão bem padronizadas, com alguns pratos que se repetem e outros que mudam diariamente. No vídeo lá do canal no YouTube vocês podem conferir algumas refeições que fiz a bordo e também cardápios. Vale destacar que os pratos que pedi no jantar de gala estavam deliciosos!

Importante dizer que MSC tirou a noite de gala dos cruzeiros de três noites. Eu só tive nesse porque era, na verdade, um cruzeiro de 6 noites. Inclusive a noite do branco foi no dia do meu desembarque, então nem usei a roupa que levei.


Uma coisa que precisamos fazer até o segundo dia do cruzeiro é cadastrar um cartão de crédito internacional em um dos computadores disponíveis na área da recepção ou fazer um depósito em dólares. O cartão do cruzeiro já vem com um crédito pré-aprovado de US$ 250, o que sai no cartão de crédito ao cadastrá-lo. No fim do cruzeiro é só conferir a conta, que é deixada na cabine na última noite, e ir embora. Em dois dias os 250 dólares já devem sair da fatura e entrar o que você realmente gastou. No caso de quem fez um depósito em dólares, é preciso ir fazer o acerto de contas no local indicado no jornal diário, pegando o que não gastou ou pagando o que faltou. Caso você esteja ultrapassando o valor deixado inicialmente, eles podem a qualquer momento solicitar um novo depósito. Qualquer despesa que você fizer no dia do desembarque, após o fechamento da fatura, será cobrada diretamente no cartão de crédito. Caso não faça um depósito ou cadastre um cartão, o Cruise Card ficará bloqueado para compras após o segundo dia.


Após o exercício obrigatório de emergência, que nesse navio é preciso levar os coletes salva-vidas para o ponto de encontro, foi hora de seguir para a Sailaway Party, a festa de partida do porto, quando a equipe de entretenimento bota o deck da piscina para dançar ao som de Magic in the Air e várias músicas do momento. Pontualmente às 17 horas o navio apitou e partiu em direção a Búzios.


À noite a programação foi assistir ao show Bye Bye Blackbird no Teatro L`Avanguardia e depois seguir para a primeira refeição à la carte, no belíssimo restaurante Red Velvet, de dois andares. Todos os shows foram ótimos e as festas na boate super divertidas, com uma variedade grande de estilos musicais!

As refeições inclusas no valor do cruzeiro acontecem nos dois restaurantes à la carte, Red Velvet (decks 5 e 6) e Il Cerchio D`Oro (deck 6), e no buffet do deck 14 (aberto durante 20 horas por dia). Os turnos de jantar nos à la carte acontecem às 19:30 para o primeiro turno e às 22h para o segundo turno de jantar. O primeiro turno assiste aos shows no teatro às 22h30 e o segundo às 20h30. Só é preciso pagar no restaurante de especialidades Buthcer`s Cut, uma churrascaria que substituiu o restaurante El Sombrero Tex-Mex na última reforma do navio. Para quem está no Yacht Club, o restaurante privativo fica junto da piscina de popa, precisando sair da área privativa até lá.


Nesse cruzeiro eu estava com o pacote de bebidas Easy, que está custando (nesta temporada) 120 reais por pessoa por noite e inclui todas as bebidas até 5 dólares. Vou fazer um vídeo sobre ele e a minha experiência, mas do cruzeiro no MSC Seaview, quando fiz um vídeo sobre os pacotes de bebidas, até hoje, a MSC fez algumas mudanças. Naquela época tinha um cardápio Easy Seleção de Coquetéis, incluindo alguns drinks que custavam mais que 5 dólares no cardápio normal. Em vez disso eles colocaram todas aquelas bebidas por 5 dólares, continuando inclusas, e eliminando esse cardápio à parte. Outra mudança foi a remoção dos produtos da marca Venchi de todos os pacotes.

Em quase todos os bares a bordo o chopp era Skol mas, segundo um tripulante, o Sports bar tem uma seleção maior de bebidas, incluindo chopp Heineken. Cervejas em garrafas (Long Neck Eisebahn, Heineken, Beck`s, Budweiser, Corona e Paulaner) estão disponíveis a partir do pacote Premium.

Para para pegar uma bebida com um pacote é o mesmo procedimento de quem não tem um: faz o pedido, entrega o cartão e o tripulante passa no computador. A diferença é que, se a bebida for inclusa no seu pacote, o valor vai aparecer zerado na nota, nem precisando assinar. Se não for inclusa no seu pacote o valor vai aparecer na nota (+15% de taxa de serviço) e será necessário assinar. Na área da piscina, por segurança, todos as bebidas são servidas em copos de plástico, já nos demais bares e restaurantes eles são de vidro.


MSC FANTASIA VS MSC SEAVIEW


Atendendo a pedidos que recebi pelo Instagram: é inevitável fazer a comparação com o MSC Seaview. Quem me acompanha sabe que o Seaview é o meu navio favorito. E continua sendo. Além do projeto super bem pensado para áreas tropicais, com a maior quantidade de áreas abertas entre todos os navios de cruzeiro do mundo e diversas áreas envidraçadas, o Seaview tinha um entretenimento incrível. Parecia que todos os lugares estavam tendo festa, ou karaokê, uma aula, competição, jogos… A programação do Fantasia nesta temporada estava muito voltada apenas para as áreas das piscinas. Durante a manhã e à tarde praticamente tudo acontecia lá, em um espaço pequeno comparado com o Seaview. Enquanto isso os decks 5, 6 e 7 (de áreas públicas) ficavam com poucas atividades; ao andar por lá durante o dia dava para perceber que tem muito mais potencial a ser explorado, algo que acontecia apenas durante a noite. Mas isso não foi algo que achei ruim, já que do cruzeiro no Costa Fascinosa pra cá, tirando o MSC Meraviglia, eu passei a usar muito mais o deck superior durante o dia e as áreas fechadas só durante o fim da tarde e à noite.


De modo geral, o Fantasia é um MSC Magnifica ampliado e melhorado, já que este último integrante da classe Musica recebeu várias melhorias da nova classe. Lembro que percebi diversas delas no Magnifica depois de ter viajado no MSC Orchestra. Porém a largura e o comprimento a mais do Fantasia permitiram incluir muitos espaços extras. Inclusive eu senti muito o tamanho do navio quando precisava andar até a minha cabine, que ficava na popa do navio. São 333 metros de comprimento!


Importante mencionar que o atendimento da tripulação foi excelente. Assim como no Seaview ele é insuficiente em alguns momentos, como durante eventos que juntam muitos passageiros, mas os funcionários tentavam ao máximo prestar um bom atendimento. O problema realmente são alguns passageiros mal educados que se acham no direito de reclamar com os tripulantes porque estão demorando para serem atendidos, sem se colocarem no lugar deles. Isso é um mal de todos os navios intermediários, que têm uma alta taxa de passageiros por tripulante para conseguir ter cruzeiros mais baratos. Mas nesse ponto o Fantasia se saiu melhor, porque o Seaview tem ainda menos tripulantes por passageiro, mas nos dois navios a gente tem a sensação de “onde estão os milhares de passageiros?”. Depois do primeiro dia os navios não parecem muito cheios.


ATIVIDADES


Para quem gosta de acordar cedo, o café da manhã no buffet começa às 06h da manhã, sendo chamado também de Café da Madrugada. Já nos à la carte, abertos apenas para as refeições, é preciso confirmar os horários no seu jornal diário.

As primeiras atividades do dia, assim como no Seaview, são mais voltadas para quem não ficou acordado até de madrugada nas festas. São atividades mais calmas como alongamento, aulas de aeróbica, ioga e algumas aulas de dança.

A partir do fim da manhã, mais próximo da hora do almoço, era quando começava aulas de forró, festa do mar, bailes, fitness dance, jogo musical e futebol. Pela tarde e noite os bares começavam a ter músicas ao vivo, degustações de bebidas, festa dos anos 60 e 70, festa de carnaval, festa do branco com DJ (na piscina), espetáculos no teatro, eventos com promoções na perfumaria e joalheria, músicas latinas, momento sertanejo, italiano, do Rock e de pagode, competição do rei dos mares e tributos a estrelas como Pink Floyd, Freddie Mercury e Michael Jackson. O entretenimento do Virtual World, Simulador de F1 (pago), Cinema 4D (pago) e jogos de tabuleiros e cartas, estão disponíveis por volta das 09h - 12h, das 15h - 18h e das 20h - 23h, o que pode variar (tanto os horários como os turnos) dependendo se é dia de porto ou de navegação. Na área da piscina coberta também tem mesas de ping-pong e totó/pimbolim.


Algo muito legal é a grande quantidade de jacuzzis e piscinas espalhadas pelo navio, 17 no total. O Aqua Park abre às 7h da manhã e fecha às 20h. A água das piscinas é salgada e a das jacuzzis é doce.


Nos destinos onde não tem porto para o navio atracar, quando o desembarque acontece com lanchas, é preciso pegar logo cedo uma senha no escritório de excursões e aguardar no teatro na hora marcada. A primeira lancha sai assim que o navio chega. A última do navio para a terra sai duas horas antes do horário da partida e a última da terra para o navio uma hora antes da partida ou até todos os passageiros que estão aguardando no píer serem levados de volta, não pagando a mais por esse transporte. O desembarque não é obrigatório, se quiser pode ficar aproveitando o navio. Inclusive, como a demanda é menor, essa é a melhor hora para ir ao salão de beleza, por exemplo. Você pode aproveitar descontos de 30% só por o navio estar em um porto.


CABINE


Nesse cruzeiro eu paguei por uma cabine interna na experiência Bella e tive um upgrade para uma cabine externa com varanda e vista para a popa do navio, o que foi um sucesso lá no Instagram! Por ser um navio mais antigo, o box do banheiro não tem uma porta de vidro, é uma cortina. Mesmo com 12 anos de idade, o navio está super bem conservado e tudo funcionando muito bem. Em uma das últimas reformas eles incluíram as super práticas tomadas USB, reforçando que não precisa levar adaptador. Além das USB também tem a padrão americano e europeu, que funciona com o conector brasileiro de dois pinos.

Apesar da vista incrível para o rastro, ficar na popa significa inevitavelmente balançar e vibrar mais, principalmente porque esse navio tem propulsores tradicionais, não os Azimutais. Além disso, como falei lá em cima, andar até ela é uma viagem quando está na frente do navio; em uma cabine no meio do navio o máximo que você precisa andar é metade do comprimento dele. Já no caso de uma nas pontas, parece que os corredores não têm fim! É um preço a se pagar, mas com certeza a experiência valeu a pena.


CONCLUSÃO


Depois do Fantasia, fiquei bastante ansioso para conhecer o MSC Grandiosa no fim do ano, isso porque o projeto do Fantasia parece mais com o Grandiosa do que com o Seaview e a tripulação fez um trabalho muito bom com o entretenimento, algo que infelizmente não tive no MSC Meraviglia durante o início da travessia atlântica com embarque no norte da Europa.

A MSC já anunciou que o Grandiosa terá a maior programação de música aqui no Brasil do que em qualquer outro destino do mundo, então com certeza ele vai conseguir tirar a imagem negativa que tenho dessa classe.


Essa viagem também alterou o meu pódio de navios favoritos! O MSC Fantasia tirou a medalha de prata do Costa Fascinosa, ficando o Seaview em primeiro lugar, o MSC Fantasia em segundo e o Costa Fascinosa em terceiro como os meus três navios favoritos.


Para conferir vídeos a bordo do navio, confira o canal do RG Cruzeiros no YouTube (youtube.com/RGCruzeiros) e para fotos e stories o Instagram @rgcruzeiros.

Quer viajar no MSC Fantasia também? Me manda uma mensagem no WhatsApp da agência e vamos reservar a sua próxima viagem! Ele vai estar de volta na próxima temporada fazendo cruzeiros de uma semana para a Argentina e o Uruguai. Estou te esperando!


Copyright © RG Cruzeiros. All rights reserved. Imagens e Textos com direitos reservados. Rodrigo Guerra.


0 visualização
 

WhatsApp 81 998741365

©2020 por RG Cruzeiros e Viagens. Cadastur | CNPJ: 34.184.660/0001-91. Rodrigo Guerra